domingo, 31 de janeiro de 2010

Albergaria-a-Velha, 1987

Viviam-se tempos de mudança, experimentavam-se regulamentos desportivos e uma fórmula de sucesso, o Trofeu Lubritex, já estava no terreno. O traçado era perigoso, com muitos postes, ribanceiras e areia nas bermas, e talvez por isso a prova tenha sido obrigada a sair do calendário, realizando-se como extra-campeonato, perdendo assim muitos dos pilotos da classe 125. 
Comecem por apreciar a classe de 80 cc. As restantes seguem dentro de momentos.
Algumas das imagens foram recolhidas pelos meus amigos Carlos Teixeira e Jorge Lopes.




A prova de 125 foi pouco concorrida, tendo os pilotos do Trofeu Lubritex optado maioritariamente por não comparecer. Ainda assim o Costa Paulo deu espectáculo, impondo-se ao Jorge Dias na parte final da prova, que estreava uma Yamaha TZR 125.




A prova de TT F1 acabou por ser emocionante, com momentos de despique pela primeira posição. Fernando Ferreira dominou, exibindo uma condução agressiva e espectacular, mas Eduardo Mascarenhas não lhe deu descanso, chegando mesmo a aproximar-se perigosamente no final. José Santos tinha que lutar com a sua RDLC 500, cuja motor pontudo não ajudava, e um futuro campeão nacional, Vitor Fidalgo, dava aqui os seus primeiros passos, numa Suzuki que era um verdadeiro chaço.



Estes vídeos não estão protegidos por forma a promover a sua divulgação. Agradecia no entanto que se copiassem o link citassem a fonte.

4 comentários:

  1. Caro Alberto,

    Muito obrigado pela partilha. Sou responsável pelo "Portal de Albergaria" - www.portaldealbergaria.com - e irei divulgar este post na nossa secção de "História". Se tiver mais videos / imagens desta prova agradecia se pudesse partilhar!

    Com os melhores cumprimentos,
    Pedro Cruz

    ResponderEliminar
  2. Caro Alberto,

    Consegue confirmar se o concurrente com o nº17 é o José Mota? Parece-me ser ele, mas não tenho a certeza....

    Parabéns (mais uma vez) pelo excelente trabalho de compilação e partilha deste raro espólio da história do Motociclismo Nacional!

    Um grande bem-haja!

    Bruno Araújo

    ResponderEliminar
  3. Caro Bruno,

    De facto essa moto foi conduzida por mais do que um piloto, mas nessa prova, segundo apurei, era o José Mota que estava aos comandos.

    ResponderEliminar
  4. Tinho,

    Todos estes videos espelham bem uma época do motociclismo português.
    Gostei muito de todos, dos comentários dos pilotos, dos assistentes, as motos, os circuitos e a realização.

    Parabéns só é pena não teres nada do motocross ;-D

    ResponderEliminar