segunda-feira, 1 de março de 2010

Estoril, 9 de Maio de '87

O CNV arrancou a 9 de Maio, fazendo a "primeira parte" do programa, que tinha os 1000 km do Estoril como cabeça de cartaz. 
As "SBK" dividiam-se em duas classes por forma a integrar o maior número possível de motos. Uma até 750 cc, com as primeiras FZ e GSX-R  que chegaram até nós, e a de >750cc, onde cabiam todas as outras, desde a GSX-R 1100 de António Costa até à Ducati de Germano Pereira. O Manuel João dominou a corrida, o Laranjeira, que participava também na prova de Resistência, terminou em segundo e no último lugar do pódio ficou o Pedro Baptista.




A classe de 80 cc foi dominada por Alexandre Laranjeira, que rodou a um ritmo constante e manteve Avelino Arvela sempre a uma distância de segurança. A terceira posição foi a única que teve alguma animação, envolvendo José Ferreira e Rui Vieira, já que as rectas do autódromo faziam sobressair de forma determinante os diferentes níveis de preparação.



A classe seguinte deveria considerar-se como 125 cc, apesar de não o ser. Na realidade, a tentativa de criar uma classe aberta capaz de trazer para as pistas todas as motos racing existentes em Portugal não surtiu efeito, e as 125 de produção ficaram à espera da primeira prova do entretanto anunciado Troféu Lubritex. Apreciem a rapidez com que Costa Paulo fazia os SS, e a alucinada paixão pelas Ducati da família de Germano Pereira. O Luis Cardoso tem mais "tempo de antena" que os restantes, já que era patrocinado pela "Racing Video". Algumas das imagens foram captadas pelo meu amigo Jorge Lopes. 




1 comentário:

  1. Estive a ver as 80 para ver se via o meu falecido vizinho Daniel Pinheiro....mas não consegui!
    Continue com este óptimo trabalho!
    Um abraço deste leitor assíduo de Mirandela!

    Cumprimentos
    Vítor Fernandes

    ResponderEliminar